Archive | junho 2011

O HOMEM DA ESQUINA


   Quem é aquele homem?
   Caminha como o seu caminho já não existisse mais.A sua aparência é de quem nunca teve uma identidade.
   Apesar desse homem parecer que não existe mais,ele deve ter em algum momento de sua vida,se é que algum dia teve vida na sua vida,uma história…o seu lugar.
   Mas quando olho prá ele,algo me diz que ele mesmo não se vê mais,a impressão que ele passa é de que alguma forma
ele apenas caminha,já nem busca mais saber quem é,o mundo já deu conta de destruí-lo vivo.
   Quem é esse homem,ou homens,que perambulam pelas cidades,como mortos-vivos…
   Meu Deus,quem são esses homens?

Anúncios

METAMORFOSE II


Como tudo pudesse morrer
Como tudo pudesse nascer
Esperanças que se foram
Esperanças que nascem
Tudo por um momento
De sonho que se vai
De sonho que vem.

Como tudo é transformação
Como tudo pudesse mudar
Como tudo pudesse acontecer
No momento seguinte…
Nada tem passado .Nada tem futuro.
Tudo é só presente.
Latente
Que não se sabe explicar
O milagre da modificação,transformação
Nasci…
De novo.

METAMORFOSE I


Solidão.
Imensidão.
Solução…
A solução de cada dia
Dicotomia.
Que a cada dia
Arrancasse da gente
Os dentes
E te deixasse nú.
Nú sem preconceitos
Novos conceitos de outro nascimento
Rebento
Estou nascendo de novo…
Sem defesa
O meu rosto não é mais o mesmo.
Sou outro
Meu Deus!

%d blogueiros gostam disto: